Arquivo da categoria: Economia

Educar-nos para prevenir o impacto do consumismo

De acordo com o mundo globalizado em que vivemos e a vida acelerada da qual tomamos parte, torna-se muito difícil encontrar um momento adequado de pararmos para pensar na crise mundial que nos rodeia. A crise é nada menos do que o resultado desta maneira de viver que levamos, dos nossos hábitos e seu impacto na natureza. Nela, tudo está disposto de maneira tal para favorecer a vida e fazer nossa existência possível. Quando nascemos, nos achamos em uma sociedade onde o dinheiro é um valor que tem a supremacia sobre os demais valores. A maioria das pessoas trabalha para ganhar dinheiro e ser capaz de pagar pelo alimento, vestimenta, habitação e as outras coisas que desejam. No entanto, quais destas outras coisas são realmente necessárias para levar uma vida normal e digna?   

Continue lendo Educar-nos para prevenir o impacto do consumismo

Conectados pelo consumo na “Economia do Compartilhar”

A cultura do consumo está sempre mudando. Na economia do compartilhar existe uma estrutura de consumo muito diferente do que existiu em qualquer outro momento desde a Segunda Guerra Mundial afirma Juliet B. Schor, professora de sociologia da Universidade de Boston e membro da Rede de Investigação Sobre Aprendizagem, na qual é bolsista por um ano (2014-2015) e onde se encontra pesquisando sobre as novas instituições e práticas de consumo que formam a economia do compartilhar.

Continue lendo Conectados pelo consumo na “Economia do Compartilhar”

O consumismo como espelho da crise ambiental – Pautas para a mudança

Apesar do panorama mundial com relação ao impacto ambiental que nosso consumismo deixa, a produção de bens e serviços não parou mas continua aumentando. As campanhas ecológicas e os argumentos apocalípticos sobre a vida no planeta – conseqüências do consumo excessivo – parecem alarmar apenas um grupo reduzido da população; e o mito da desmaterialização não deixa de ser só isso: um mito. Continue lendo O consumismo como espelho da crise ambiental – Pautas para a mudança

Alternativas ao desemprego – Nova visão para abordar sua problemática

O desemprego é a consequência imediata de um sistema sócio-econômico em crise. Transformou-se em um fenômeno crescente que afeta 200 milhões de pessoas, mais de 75 milhões são jovens entre 15 e 24 anos. A OIT (Organização Internacional do Trabalho) se refere a esta problemática como algo que põe toda uma geração em perigo. No entanto, todas as gerações em escala global, direta ou indiretamente, sentirão a chicotada deste fenômeno que nos afeta a todos, não só aos desempregados. Continue lendo Alternativas ao desemprego – Nova visão para abordar sua problemática