Unidade na diferença

Antigamente, quando se dizia: “essa criança é muito inteligente” todos entendiam que se falava da habilidade para aprender, memorizar e obter boas notas na escola. Esta compreensão simples da inteligência causou muito dano. As meninas e meninos que não tinham essa habilidade eram mal qualificados, mas muitas delas poderiam  apresentar competências para serem grandes músicos, atletas fortes, magníficos bailarinos, bons nadadores…

Continue lendo Unidade na diferença