A felicidade de ajudar os outros

Todos nós gostamos de receber afeto e apreço dos demais, entretanto, o que sucede quando em lugar de receber, somos nós os que oferecemos afeto? Estudos recentes confirmam que nos beneficiamos de maneira similar quando damos e também quando recebemos. La_Felicidad_De_Ayudar_A_Otros1_

Com o ato de dar podemos experimentar prazer e alegria, porque simplesmente nos sentimos bem de fazer o bem a outros, especialmente quando o fazemos de maneira generosa. Isto se consegue com trabalho e esforço, incorporando as atitudes e comportamentos que traz felicidade à vida dos demais e as nossas próprias vidas.

Não é necessário realizar grandes atos, simplesmente com pequenas demonstrações de afeto podemos manifestar aos outros que nos importamos com eles. Podemos por exemplo: elogiar ressaltando suas qualidades positivas, agradecer com maior frequência, fazer sentir que os apreciamos mediante um tratamento amável e carinhoso; podemos também expressar compaixão e empatia com atitudes ou palavras, aprender a escutar as necessidades dos outros, dado que a vezes tudo o que necessitam é sentir que contam com alguém.

Este tipo de ações nos permitirá ter uma maior conexão emocional com os demais e ao mesmo tempo em que lhes doamos um pouco de nós mesmos. Quando comecemos a dar aos demais, dia a dia, chegará um momento em que esta ação se converterá em um hábito, e assim poderemos acostumá-los a empregar estas técnicas para fazer os outros felizes e aumentar nossa própria felicidade. Por que não tentar?

Referência:

http://www.psychologytoday.com/blog/happiness-purpose/201405/happiness-others-7-be-relentless-giver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *