Educando nossas crianças de acordo com os seus sentimentos

Ainda que sejamos pessoas diferentes todos nós compartilhamos algo, somos seres racionais com sentimentos. Os sentimentos são involuntários, não pedimos para sentir algo mas simplesmente o sentimos. É através deles que agimos de uma maneira determinada.

EDUCANDO-A-NUESTROS-NIÑOS-DE-ACUERDO-A-SUS-SENTIMIENTOS
Experimentar emoções como alegria, raiva, medo e tristeza nos leva a comportarmo-nos de uma maneira ou de outra. Esta influência das emoções é ainda maior nas crianças, pois elas não têm os recursos para identificar, compreender e gerir os seus estados emocionais. A maioria dos comportamentos infantis não desejados são a parte observável de uma emoção negativa.
A influência das emoções no comportamento das crianças é indiscutível. Não se trata de reprimir emoções, senão de controlar sua influência.
Os pensamentos provocam determinadas emoções e estas, por sua vez, são responsáveis pelo comportamento que se inicia. Mas a influência não termina aqui, pois as emoções muito intensas  podem e muitas vezes distorcem o pensamento, levando a interpretações irreais e criando um padrão de comportamento específico.
Somos o que sentimos, por isso é imprescindível apostar em uma educação emocional que brinde os recursos necessários para identificar, compreender e manejar os estados emocionais. Deste modo, as crianças serão hábeis em controlar seus estados antes que estes a controlem. Se educarmos a partir da inteligência emocional conseguiremos que as  crianças desenvolvam vias de saída mais positivas para essas emoções.
Referência:

http://www.hacerfamilia.com/firmasinvitadas/noticia-educar-sentimientos-chicos-20150424121434.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *