Os trabalhadores mais felizes são os mais produtivos

Muito tempo da vida de uma pessoa é investido no trabalho. Dependendo do ambiente profissional e das relações que estabelecemos com os colegas, podemos observar se somos felizes no lugar onde trabalhamos. E se somos, esta empresa ou  organização definitivamente é mais produtiva do que aquela com trabalhadores descontentes.

Los-trabajadores-felices-son-más-productivos.jpg 2
Segundo diferentes estudos sobre o desempenho profissional, mostrados na Harvard Business Review e Gallup, “os trabalhadores felizes são 31% mais produtivos e têm 300% mais capacidade de inovação do que os que não são”; esses estudos também indicam que “a felicidade está na maneira como se vive o dia a dia no trabalho, em como a pessoa sente e pensa, em como se sobrepõe aos fracassos e naquele sorriso que coloca em cada coisa que faz”.
É evidente que a felicidade é um estado que todos desejam alcançar nos diferentes campos da vida. Na infância somos felizes porque exploramos, nos assombramos com as novidades, rimos muito junto com os outros e desfrutamos as pequenas coisas. Quando chegamos à idade adulta, entre as diferentes ocupações, temos a obrigação de sustentar nossa família e para tanto é preciso trabalhar.
O trabalho hoje em dia é geralmente estressante, desmotivador e a rotina nos afasta da felicidade, algumas vezes até nos leva à depressão. Porém, as empresas mais inovadoras assumem o compromisso de fazer seus trabalhadores felizes, conscientes de que todos sairão beneficiados. É aqui que a felicidade se converte em um importante fator econômico para uma empresa, porque influencia diretamente seu desenvolvimento e crescimento.
Portanto, a felicidade se transforma em uma variante muito importante e deve ser levada em conta dentro das organizações que consideram que o bem-estar de uma parte do sistema influencia o bem-estar do conjunto. Esta variável nos indica que um ambiente profissional feliz, no qual as pessoas passam cerca de um terço do seu dia e sua vida, interfere positivamente em todo o sistema produtivo, ao mesmo tempo que reforça as relações humanas dentro e fora do campo de trabalho.
Referência:
http://javieralva.com/blog/blog/2015/02/26/que-actitud-debo-tener-hoy-para-ser-feliz-en-el-trabajo-publicado-en-gestion-26022015-2/
http://humanidadintegrada.org/sitio/2015/03/la-felicidad-viene-de-la-conexion-entre-nosotros/
http://whatonline.org/what-about-the-future-by-toshiro-kanamori/