A colaboração nos permite evoluir

O novo paradigma da psicologia evolutiva não deixa de nos surpreender com suas descobertas. Neste caso o psicólogo da Universidade de Harvard, Dan Gilbert, nos introduz no mundo da evolução do Homo Sapiens através do conceito da colaboração. Segundo suas pesquisas, o salto do primata para o homem se deve ao fato de que nosso cérebro cresceu e aprendeu como podia colaborar; e quanto mais aprendíamos a colaborar, mais nosso cérebro aumentava seu tamanho. Por sua vez, a colaboração parece ser uma das razões principais pelas quais os seres humanos desenvolvem a imaginação.

A colaboração nos permite evoluir

Além disso, desde a contribuição da neurociência temos o conhecimento de que nos últimos dois milhões de anos o cérebro humano triplicou sua massa, acrescentando uma nova parte que conhecemos como córtex pré-frontal. Seu mecanismo permite ou inibe o comportamento seletivo da pessoa em função das condições do ambiente. Não restam dúvidas de que o ambiente e a necessidade de colaborar com os demais para a sobrevivência, foram também condicionantes para a evolução e o aumento do tamanho do cérebro.

Surgiram muitas perguntas sobre o que nos levou a escolher a colaboração em lugar da competição. Evidentemente a sobrevivência era mais relevante e dependia muito mais da colaboração e da ajuda mútua do que a competição. Isto levou a um redesenho do cérebro em apenas duzentos mil anos e apenas pode ter sido justificado pela necessidade de conexão social e colaboração. O homem começou a fazer uso da imaginação e esta estava relacionada com a forma em que coexistia com os demais e imaginava seu relacionamento.

Desta maneira foi evoluindo nossa imaginação, concomitante ao aumento do cérebro e permitindo o surgimento da sociedade. Pudemos construir sociedades porque estávamos aptos para colaborar. Ao mesmo tempo estamos mudando as perguntas do porquê do aumento do nosso cérebro e para que. Ontem nos perguntávamos sobre nosso cérebro e hoje queremos saber e imaginar onde pode nos levar, qual é seu potencial. A resposta está na colaboração. Todos os seres humanos deveríamos fazer uso das capacidades socio-biológicas que nos levam a evoluir para o bem comum. A colaboração necessariamente merece um status de valor em nossa sociedade atual para contornar as dificuldades da crise causadas pela competição.

Referências: http://www.gauravbhalla.com/collaboration-makes-our-brains-bigger/

http://www.upo.es/diario/ciencia/2013/03/la-corteza-prefrontal-del-cerebro-permite-o-inhibe-la-realizacion-de-comportamientos-selectivos-en-funcion-de-las-condiciones-del-entorno/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *