O valor educativo do jogo no seio familiar

O jogo é essencial para o bem-estar social, emocional, cognitivo e físico das crianças na primeira infância. Os jogos de imaginação ou de simulação em casa não apenas são considerados divertidos, mas trazem também um valor educativo completamente ilimitado. Há muitas formas de jogar; por exemplo simular a criação de um restaurante, ou um acampamento juntos; isto ensinará as crianças a resolver problemas, coordenar, cooperar e pensar com flexibilidade.

O valor educativo do jogo no seio familiarPodemos utilizar diferentes formas de jogos no seio familiar. O Dr. Scott Kaufman coloca ênfase no valor que têm os jogos de simulação.

Como o jogo imaginativo ajuda as crianças?

As crianças aprendem acerca de si mesmas e do mundo. Nos jogos dramáticos, elas aprendem sobre o que gostam e sobre o que não gostam, seus interesses e capacidades.

As crianças trabalham com temas que as confundem, lhes produzem medo ou são novos para elas. Fingir com elas uma visita ao médico, enquanto elas seguram o estetoscópio, e permitir que elas o examinem. Isto facilitará que a criança veja desde um outro ponto de vista e perca o medo de visitar seu médico.

As crianças desenvolvem importantes habilidades de ordem social e de maior complexidade. O jogo de faz de conta é muito mais do que uma atividade de simples brincadeira; requer estratégias avançadas de pensamento, comunicação e habilidades sociais, tais como negociar, considerar a perspectiva dos outros, equilibrar suas próprias ideias com os demais, desenvolver um plano e atuar de acordo, expressar e escutar pensamentos bem como sintetizar diferentes informações.

As crianças aprendem a cultivar a inteligência social e emocional. Em nossa relação com os demais encontra-se a chave para nosso futuro êxito e a felicidade de toda nossa vida.

As crianças sintetizam conhecimentos e habilidades, pois a aprendizagem e o desenvolvimento da criança não acontecem durante situações isoladas. Elas necessitam de oportunidades para combinar suas habilidades e conhecimentos.

O jogo é uma ferramenta natural que serve para que as crianças desenvolvam resistência, e, ao mesmo tempo aprendam a cooperar, superar desafios e negociar com os demais. Jogar também permite que as crianças sejam mais criativas. O tempo de jogos entre as crianças e os pais é bastante necessário, já que isto os ajuda a estar plenamente comprometidos com seus filhos, e a estabelecer corretamente o vínculo entre eles, permitindo aos adultos, desta forma, ver o mundo desde a perspectiva de seus filhos. O ensinamento que o jogo em família traz para as crianças é fundamental para afetar seu bom desenvolvimento social e emocional, servindo como recursos para alcançar seu máximo potencial, resultando essencial, para tanto, que os pais reconheçam a importância dos benefícios que as crianças obtém com as brincadeiras familiares e como as ajudarão para o resto de suas vidas.

Referência: http://www.brighthorizons.com/family-resources/e-family-news/2013-importance-of-pretend-play-in-child-development/