Por que necessitamos de um método de conexão

Para alcançar uma maior compreensão do significado da conexão na vida de um ser humano no século XXI necessitamos ver mais além de um simples conceito e examinar os paradoxos que abundam no nosso cotidiano como se estes fossem uma norma. Nossas atuais circunstâncias de vida merecem que façamos uma reflexão profunda sobre nossas relações humanas e em qual medida nos sentimos conectados com o ambiente e como isto repercute em nossa qualidade de vida.

Por que precisamos de um método de conexão

Desde os anos 90, cientistas como Christakis y Fowler nos surpreendem com as descobertas de suas pesquisas; ambos argumentam que para saber quem somos devemos compreender como estamos conectados. Nossas relações com os demais afetam nossa vida de muitas maneiras e em todos os âmbitos, porém existe uma singularidade, uma particularidade que vai mais além da economia, da política, da ecologia ou da saúde, dentre outras, e é simplesmente a compreensão do que nos faz humanos.

É coerente pensar que necessitamos aprender um método de conexão que nos eduque e instrua sobre nossas relações, pois elas afetam muitos aspectos de nossa vida cotidiana. Tais relações às vezes se tornam hostis até no próprio seio da família. A educação tradicional não contempla formar seres humanos, mas fomenta a competição e o egocentrismo, gerando brechas nos vínculos fraternais, amorosos e amigáveis das pessoas em geral. Nosso atual modo de vida nos distancia imperceptivelmente de nossa essência e do amor como eixo das relações humanas.

Nossas conexões são muitas vezes subestimadas, até tal ponto que nos surpreenderíamos se soubéssemos que nossas questões relacionais são concomitantes com a crise global que o mundo experimenta. A situação da economia, da ecologia e da educação, dentre tantos aspectos, é o reflexo das nossas relações, como já discorremos. Isto pode ser compreendido pela sociedade atual por estar carente de uma educação que nos explique a integralidade do mundo e a repercussão das interconexões que se sucedem a cada momento, cujos protagonistas somos nós; os seres humanos.

Podemos dizer que não apenas necessitamos de um método ou técnicas para aprender a nos conectar; mas também se requer sabedoria, dado que estamos falando de uma evolução humana em um tempo especial e crucial, uma época de grandes transformações internas que não podem ser subestimadas e nem reprimidas. Na medida em que comecemos a utilizar métodos que nos ajudem a reparar nossas relações, a reorganizar a sociedade humana, novas metas e propósitos de vida irão surgir. Paulatinamente nos aproximaremos mais uns dos outros, trabalharemos juntos na reparação das consequências visíveis que nossas relações egoístas originaram no planeta, e estaremos criando um novo tipo de conexão mais compatível com nossa humanidade que nos aproximará do bem-estar desejado e duradouro a que todos aspiramos.

Referência: Christakis, N., Fowler, J.; “Conectados, el sorprendente poder de las redes sociales y cómo nos afectan”. Ed. Taurus. Año 2010

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *